Passo-a-passo para construir um modelo de negócios: Business Model Canvas (BMC)

Montar um plano de negócios pode parecer um bicho de sete cabeças, mas existem muitas ferramentas fundamentais que podem ajudar o empreendedor.

Antes mesmo de iniciar seu projeto, faça uma pequena análise para saber se sua ideia é uma oportunidade de negócio. Uma vez finalizado o estudo, você deve começar a construir o seu modelo de negócios. É através dele que sua empresa vai saber como gerar e capturar valor do mercado.

Existem alguns modelos de negócios, mas focaremos no Business Model Canvas (BMC).

No BMC estão dispostos 9 elementos importantes, que respondem as seguintes perguntas: O quê? Como? Para quem? Quanto?

São divididos em dimensão direita e esquerda, dos quais iremos detalhar cada um, para que sua empresa possa começar com o pé direito.

 

Dimensão direita

São os principais elementos do modelo de negócio.

1. Segmento de Clientes (Para quem?)

É fundamental saber quem é o seu potencial cliente, para quem sua empresa está criando valor de acordo com os objetivos estabelecidos.

Existem diversas formas para segmentar o seu target: descubra a que melhor se encaixa ao seu negócio! Pode ser segmentação geográfica, demográfica, psicográfica ou comportamental, na qual deve-se estabelecer um estereótipo para seu cliente.

Pergunte-se para quem está criando valor e qual a característica do seu público-alvo.

 

2. Proposta de valor (O Quê?)

Tendo como norte o objetivo da sua empresa, analise se as propostas criadas atendem às necessidades do seu target. Em outras palavras, se sua marca está gerando algum benefício para o potencial cliente.

Exemplo: novidade, performance, customização, preço, redução de custos, etc. Faça uma boa análise. Com estes dois pontos será feito o restante do BMC. Portanto, não tenha pressa e faça bem feito.

Pergunte-se se estão resolvendo os problemas dos clientes e se estão satisfazendo suas necessidades.

 

3. Canais (Para quem?)

Com os dois pontos anteriores feitos, é necessário saber como juntá-los, como será feita a distribuição do seu produto ou serviço. Isto é, como o cliente encontrará seu produto ou serviço.

Existem muitas variedades: seu produto pode ser online, delivery, pode ser um serviço, etc. Basicamente, envolve os canais de marketing e logístico das empresas.

Se necessário, procure parceiros para a entrega de produtos ou, até mesmo, instalação de serviços. É importante que tudo o que foi pensado chegue da melhor forma para seu cliente.

Pergunte-se qual a melhor forma para chegar ao cliente e veja e reveja o custo e o benefício de cada Canal.

 

4. Relacionamento (Para quem?)

Este ponto não se refere somente ao momento anterior a compra… Muito pelo contrário! Depois que o cliente já comprou seu produto ou serviço, sua marca deve estreitar os laços para que seu cliente, mesmo tendo qualquer tipo de problema, continue com sua empresa e não vá buscar a concorrência.

Criar um serviço de atendimento ao consumidor é uma excelente ideia para inovar e atender bem sempre.

Pergunte-se como está o relacionamento com seus clientes, o custo de relacionar-se com cada um deles, como isso está integrado ao BMC e o que pode ser feito para melhorar esse relacionamento.

 

5. Fontes de receitas (Quanto?)

De forma simples, esse ponto trata como sua empresa conseguirá gerar uma receita com cada segmento de cliente, quanto cada um deles está disposto a pagar pelo seu produto ou serviço. Alguns exemplos: publicidade, leilão, preço por assinatura, por uso de produto, venda de produto, aluguel, entre outros.

Pergunte-se o que cliente está disposto a pagar e se ele se sente valorizado, de que forma o cliente prefere pagar pelo serviço e quanto é cada parcela de contribuição de cada fonte de receita em comparação ao total esperado.

Dimensão Esquerda

Nessa dimensão estão as definições que sustentarão a execução da dimensão direita.

6. Recursos chave (Como?)

Todos os ativos que fazem com o que o modelo funcione devem estar listados aqui. Exemplo: plataformas de tecnologia, recursos humanos ou financeiros, ativos físicos, etc.

Pergunte-se quais recursos são importantes para a proposição de valor, para os canais, para o relacionamento com os clientes e para ativar as Fontes de receitas.

7. Atividades chave (Como?)

Pense no que sua empresa precisa fazer obrigatoriamente para sobreviver. Isto é, sem ele o seu modelo de negócio não funcionaria. Exemplo: vendas, gestão de plataformas, acompanhar as redes sociais, as publicidades, construir um espaço físico, etc.

Pergunte-se quais atividades-chave são importantes para a proposição de valor, para os canais, para o relacionamento com os clientes e para ativar as Fontes de receitas.

 

8. Parceiros (Como?)

Ter parceiros é sempre muito conveniente, seja para os recursos ou para as atividades principais. Exemplos: alianças estratégicas, parcerias com fornecedores, ou até agências, caso uma das atividades esteja ligada a publicidade e marketing.

Pergunte-se quem deve ser seu parceiro, fornecedor e o que se pode aproveitar de cada um deles.

 

9. Custos (Quanto?)

Aqui estarão listados todos os custos na operação do BMC. Exemplos: custo fixo, custo variável, comissões, pagamento de parceiros, entre outros.

Pergunte-se quais são os custos que realmente são necessários para seu negócio e quais das opções requer maior investimento.

Vale esclarecer que se o target que paga não é o mesmo que consome seu produto, no caso de produtos para crianças, é importante fazer um BMC para cada público de forma separada.

Utilizar a metodologia OKR para validar o modelo de negócio e cada bloco é um estratégia muito válida e que garante velocidade no processo.

Para saber mais sobre OKR temos o Guia Definitivo de OKR para download gratuito, ou agende uma conversa com nossos especialistas para tirar suas dúvidas clicando aqui.

Veja mais:

Ou baixe nosso guia exclusivo de OKR.

 

 

 

 

 

 

 

O que você achou desta matéria? Tem dúvidas sobre alguma questão abordada? Tem alguma sugestão para novos temas? Compartilhe com a gente!

Cadastre-se e receba notícias e novidades sobre gestão para equipes de alta performance.

Seu e-mail (obrigatório)


3 Comentários

  1. Eu ja estava procurando a muito tempo por informações como essa. Parabens pelo site e por seu conteúdo que achei muito relevante. Obrigado

  2. janete disse:

    muito bom o seu artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *